O que é um trader? O que faz um trader?

o que é e o que faz um trader

Trader é uma palavra da língua inglesa que define a profissão de negociador. É o profissional que atua na compra e venda de instrumentos financeiros, produtos etc. Ou seja, a tradução explícita torna a atuação desse profissional bem ampla. Mas aqui abordaremos a explicação do que abrange apenas a atuação em mercados financeiros centralizados como a Bolsa de Valores do Brasil (B3) ou descentralizados como o FOREX.

Independente do tipo de mercado que atue, o objetivo do trader é a especulação financeira, ou seja, comprar e ou vender produtos com o intuito de obter lucro. E como profissional, naturalmente compreende-se de que assim como em outros segmentos, ele pode atuar de forma autônoma ou para alguma empresa.

TRADER AUTÔNOMO | TRADER INDEPENDENTE

É o trader (negociador) que utiliza recursos próprios, ou seja, seu próprio capital (dinheiro), para fazer negociações na Bolsa de Valores.

Esse profissional pode atuar em diversas modalidades de trading, como:

  • Day trade, que são operações de curtíssimo prazo e altíssimo risco;
  • Swing trade, que são operações de médio/longo prazo e de alto risco;
  • Position trade, que são operações de longo/longuíssimo prazo e de alto risco.

Você pode perceber que independente da modalidade, o risco é sempre alto. Isso porque todos estão dentro do mesmo mercado de capitais, que é variável. E quando falamos sobre Bolsa de Valores, estamos sempre falando de alto risco, principalmente quando comparamos com investimentos (e não trading) considerados de renda fixa, como Tesouro Direto, CDB, LCI, LCA etc.

Esse profissional geralmente atua em sua própria estrutura física como casa ou escritório pessoal, mas também pode se reunir com outros profissionais que tem o mesmo propósito e formarem um grupo de traders ou até mesmo uma mesa proprietária (prop trading), que é a unificação do capital em uma única pessoa física, onde esta empresa atuará com trading e investimentos, também com seus próprios recursos.

TRADER FUNCIONÁRIO | TRADER COLABORADOR

É o trader (negociador) que desempenha as mesmas funções práticas do trader autônomo, mas que diferente dele, trabalha como colaborador / funcionário de alguma instituição ou empresa. Ou seja, o capital utilizado nas negociações não vem de recursos próprios, mas sim da empresa / instituição onde o trader trabalha.

Esse profissional pode ter vínculo trabalhista, sendo subordinado e recebendo ordens vindas de uma hierarquia interna da empresa / instituição. Ou não tendo vínculo trabalhista, onde é contratado apenas como prestador de serviço da instituição, não tendo necessariamente vínculo, de acordo com a legislação brasileira.

A ATUAÇÃO DO TRADER

A atuação do trader, seja ele autônomo ou ligado a alguma empresa, consiste em analisar o mercado, identificar oportunidades de lucro e executar as negociações. Ou seja, é responsável por todas as etapas do trade (negociação). São elas:

  • Análise. Que pode ser feita através movimentação de preços e demais informações referentes a análise técnica ou outros tipos de análise;
  • Identificação de oportunidade;
  • Análise do risco/retorno e custo de oportunidade da negociação (trade);
  • Entrada no trade (compra ou venda);
  • Administração do risco/retorno durante o trade;
  • Saída do trade.

VANTAGENS DE SER UM TRADER

As vantagens de ser um trader podem variar conforme se ele é autônomo, funcionário ou colaborador de alguma empresa. Veja algumas:

  • Flexibilidade de horários. Varia conforme o mercado em que atua e se está dentro da rotina e critérios de alguma empresa;
  • Resultado por performance. Naturalmente o trader autônomo recebe em sua totalidade os lucros de sua atuação, porque atua com próprio capital. Mas mesmo os traders que estão na estrutura de uma empresa, também podem receber participação dos lucros de sua performance individual ou do grupo (varia conforme política de cada empresa / instituição);
  • Capital líquido. O trade autônomo tem a praticidade de tornar seu capital líquido praticamente a qualquer momento, com prazo máximo de no máximo 3 a 4 dias (varia conforme o tipo de operação em que o capital está alocado, tipo de mercado e intermediário) para tê-lo em sua bancária. Geralmente se enquadra apenas ao trader autônomo;
  • Autonomia. Se enquadra apenas ao trader autônomo e dá ao profissional liberdade para decidir quando, onde e como atuar;
  • Lucro variável. Enxergado como como vantagem para uns e desvantagem para outros, devido a própria atuação em um mercado que por si só é variável, a mensuração de lucro é individual e totalmente dependente da atuação do profissional, podendo ser maior ou menor do que benchmark definido.

DESVANTAGENS DE UM TRADER

As desvantagens de ser um trader, assim como as vantagens, também podem variar conforme sua forma de atuação. Veja algumas:

  • Prejuízo possível. Assim como o lucro é variável, o prejuízo também está inerente a atuação. Pois o resultado líquido vem da diferença entre lucros e prejuízos da atuação, bem como do pagamento das taxas e impostos;
  • Incerteza. Também vem da própria lógica variável da atuação, onde não se tem 100% de certeza do futuro. Um trader autônomo, além de tomar boas decisões para ter lucro, também é responsável pela entrada de capital em sua estrutura familiar. Ou seja, ele próprio e ou outras pessoas dependem da sua performance. Falamos mais sobre isso nesse post sobre consistência do trader;
  • Solidão. Por ter uma atuação que na maioria das vezes não envolve outras pessoas, a rotina pode ser bastante solitária, pois é apenas ele e o computador.

Essas são algumas definições do profissional trader, bem como de sua atuação. Este texto contém definições gerais de mercado e também parte da nossa visão sobre esse profissional. Nós também oferecemos um curso para trader e investidor, que tem duração de 10 meses e é voltado para pessoas que buscam operar na bolsa de valores de forma objetiva e alinhada com sua realidade. Veja aqui o cronograma e conteúdo.

Conselho de um trader para quem está aprendendo: “Pare de operar pelo valor que você dá ao que um dia quer se tornar”
trader pare de operar

Qualquer profissão precisa de tempo, de estudo, preparação, estágio e através da sua performance, que você vai atingindo patamares mais Veja mais

UM TRADER É UM INVESTIDOR?
diferença entre trader e investidor

Esse é um assunto que gera bastante discussão, pois de um lado, alguns investidores não gostam de ser comparados à Veja mais

A relação do aprendiz de trader independente com sua família
trader iniciante no escopo familiar

Quando falamos de família, de modo geral, estamos falando de tradição. Algumas tem isso como um conceito mais aberto, onde Veja mais

Viver de day trade na bolsa de valores. Análise de viabilidade, dificuldades e realidade
vantagens desvantagens do day trade

A expressão "viver de day trade" vem do conceito de ter a atividade como trader, mais especificamente day trader, como Veja mais

Rolar para cima