Micro scalping, scalping e trade de tendência. Veja os sub perfis do day trade

micro scalping, scalping e tendência no day trade

Uma operação ou trade do tipo day trade, é uma operação que tem início e fim no mesmo dia. Ou seja, se você compra algum produto na Bolsa de Valores e o vende o mesmo dia, você fez uma operação do tipo day trade. Isso vale para qualquer tipo de produto, como contratos futuros (Índice e Dólar futuro), ações, opções etc.

Essa nomenclatura serve para definir esse tipo de operação pois ela tem custos, margens, alavancagens e impostos específicos. E dentro da modalidade day trade, existem classificações para os tipos de operações feitas, como micro scalping, scalping, tenência etc. Chamamos essas classificações de sub perfis e servem apenas para definir uma forma de atuação e não interferem em nada nos custos e impostos.

Exemplo: Você fez uma operação (trade) de day trade do tipo scalping e ela gerou lucro de R$ 1.000,00 (mil reais). Desse lucro, você pagará R$ 10,00 (dez reais) referente a custos operacionais (taxa de corretagem, emolumentos, IPRF etc.). E se fechar o mês com esse, terá que pagar 20% de imposto de renda referente a ele.

E se essa operação (trade) fosse de tendência ao invés de um scalp? Qual seria a diferença nos custos operacionais e impostos? Nenhuma. Pois ambas são operações day trade.

O que é scalping ou um trade scalp?

São operações rápidas. Trades em que o tempo entre abertura e fechamento da operação levam segundos ou poucos minutos. Os traders que atuam e ou tem foco nesse sub perfil são chamados de scalpers e se utilizando da análise gráfica, atuam com esse tipo de operação a partir da análise de gráficos temporais (Candlestick) de 1 minuto e gráficos atemporais (Renko, Range etc), que tem sua frequência atrelada a movimentação de pontos, ticks ou centavos dentro desse tempo e ou velocidade.

Risco desse tipo de operação: Extremamente alto

O que é o micro scalping ou um trade micro scalp?

São operações ainda mais rápidas que o scalping. Trades em que o tempo de abertura e fechamento da operação levam segundos. Os traders que atuam e ou tem foco nesse sub perfil são chamados de micro scalpers e se utilizando da análise gráfica, atuam com esse tipo de operação a partir da análise de gráficos temporais (Candlestick) de 30 segundos e gráficos atemporais (Renko, Range etc), que tem sua frequência atrelada a movimentação de pontos, ticks ou centavos dentro desse tempo e ou velocidade.

Risco desse tipo de operação: Extremamente alto

O que é um trade de tendência?

São operações longas, quando comparadas ao scalping, mas continuam sendo operações rápidas por se tratarem de day trade. Os trades que atuam e ou tem foco nesse sub perfil são chamados de traders de tendência e se utilizando da análise gráfica, atuam com esse tipo de operação a partir da análise de gráficos temporais (Candlestick) de 5, 15 e 60 minutos. E em gráficos atemporais (Renko, Range etc), que tem sua frequência atrelada a movimentação de pontos, ticks ou centavos dentro desse tempo e ou velocidade.

Risco desse tipo de operação: Extremamente alto

É melhor fazer scalp ou tendência?

Nós da RenkoProp consideramos que não existe perfil ou sub perfil melhor ou pior. São apenas tipos de trading e o que os qualifica é a habilidade do trader que atua neles. O que fazemos com nosso pessoal e o que também ensinamos para nossos alunos é analisarem de forma estatística onde está sua melhor performance. Identificando os pontos positivos da sua análise, execução e administração da operação (trade).

Não existe melhor ou pior, existe o que, onde e como determinada pessoa (trader) consegue ter maior lucro. Mas de amostragem que temos, tanto da mesa, quanto de alunos, os resultados com melhor qualidade e menos desperdício financeiro são de traders que operam tendência.

Scalping ou tendência. Qual o mais difícil?

Tomar decisões, executá-las, fazer a administração mais lucrativa e sair no momento certo. Isso é o que faz o trader. A própria lógica de fazer tudo isso em uma fração de tempo curtíssima, já demonstra que o scalping tende a ser mais difícil que um trade de tendência.

Mas não entenda “fazer um scalping” ou “fazer um trade de tendência” como algo simplório como “analisar e clicar em um botão” de forma rápida. Não é disso que estamos tratando aqui. Quando utilizamos esses termos, estamos nos referindo a ter resultado líquido atuando nesses sub perfis. Aí que está a dificuldade real e obvia. Afinal de contas, o objetivo com trading é ter lucro e não apenas dados operacionais ou um título de trader.

Percebemos que houve de certa forma uma deturpação com a atuação na Bolsa, onde foi “vendida” a ideia de que isso é algo simplório, fácil e até mesmo, reduzida a compreensão dos conceitos básicos de cada produto, ferramentas da análise técnica e até mesmo uma interpretação superficial da análise fundamentalista.

Para nós da RenkoProp, saber atuar na Bolsa de Valores como trader ou investidor, significa ter lucro como trader ou investidor. Tudo com método, atuando dentro da lei e normas estabelecidas pelas agências reguladoras do mercado. Veja esse post em que abordamos esse assunto.

Viver de day trade na bolsa de valores. Análise de viabilidade, dificuldades e realidade
vantagens desvantagens do day trade

A expressão "viver de day trade" vem do conceito de ter a atividade como trader, mais especificamente day trader, como Veja mais

O trading no Brasil e a percepção do brasileiro com o day trade na bolsa de valores
day tarder trade brasil brasileiro

Ser um trader na bolsa de valores começou a se tornar algo dito como popular no Brasil há pouco tempo. Veja mais

Os tipos de trade (trading), perfis, riscos e particularidades
tipos de trade trading e modalidades

Popularmente existem várias formas de classificar e ou definir tipos de trades (negociações), mas existe apenas uma forma que é Veja mais

UM TRADER É UM INVESTIDOR?
diferença entre trader e investidor

Esse é um assunto que gera bastante discussão, pois de um lado, alguns investidores não gostam de ser comparados à Veja mais

Rolar para cima